NOS GUINDAIS

Um sobrevivente da cidade que crescia nas ruas evocou-me o bairro da sua infância, na memória da alma tripeira. Das Escadas dos Guindais recordou os patamares onde brincava com arco e gancheta, ao «dá-me lume», à cabra cega, à macaca e ao berlinde. As portas e janelas abertas e a roupa a secar pendurada dos peitoris. E os rostos: no 1.º patamar a Miquinhas Malhada, irmã da Julietinha, chamando a filha Noémia que brincava com o Firmino, sob o olhar do senhor Moreira carpinteiro. E a Glorinha doceira. Vendia em S. Bento e trazia o que sobejava, para os vizinhos, dentro do cesto de asa coberto por um pano. E a Emília Zuca, em eternas peguilhices com a filha Cristina.

No 2.º patamar, num 1.º andar morava o senhor Ventura. Agente da PJ, infundia respeito. No rés-do-chão, a Laurinha do alfaiate velava o berço da neta e fiscalizava o Vicente e o Tono, filhos do Manel carteiro. No portal, brincava o Belmiro (exímio em falar, por gestos, com a mãe, surda-muda).

No 3.º patamar viviam a tia Fina e a avó Guida (na janela, um papagaio sabia todos os nomes da miudagem). No rés-do-chão trabalhava o Aníbal sapateiro, com o filho Domingos. A senhora Inácia vinha com um saco de laranjas descascadas para distribuir pela canalha (as cascas ficavam para o bolo-rei da Costa Moreira). E a Donana, tinha os cabelos mais brancos do bairro.

No 4.º patamar moravam o Tino, a Miquinhas Chumba (o corpanzil não condizia com a sua doçura natural), o senhor Francisco, dono do cão Dick e o Carlos «meio tostão», filho da Candidinha.

Era a cidade. Sincera, cheia de ternura e de problemas mas solidária.

©helderpacheco2021

~ por Helder Pacheco em 2021-01-23.

Uma resposta to “NOS GUINDAIS”

  1. […] Um sobrevivente da cidade que crescia nas ruas evocou-me o bairro da sua infância, na memória da alma tripeira. Das Escadas dos Guindais recordou os patamares onde brincava com arco e gancheta, ao «dá-me lume», à cabra cega, à macaca e ao berlinde. As portas e janelas abertas e a roupa a secar pendurada dos peitoris. → […]

Os comentários estão fechados.

 
%d bloggers like this: