A História de Pedro Sem – Um portuense de maus fígados

pedro sem

Sei – pelo que me contava minha avó – que durante muito tempo se ouviu nas ruas do Porto o lamento meio cantado, meio chorado e quase suplicante:

Quem dá esmola ao Pedro Sem, / Que já teve e agora não tem?

Meios D´Arte 2005


 
%d bloggers like this: